Reflections

Quando você olha pra você mesmo, você gosta do que vê?

Fico pensando como tem gente que consegue se olhar  e não sentir eca.
Gente canalha, gente que usa as pessoas, gente que não vale o sal que come.
Gente que não respeita nem a própria família, os “amigos”.
Gente que acha engraçado desfazer das pessoas.
Gente que não mede palavras e diz “sou autêntico” e magoa as pessoas sem mais nem menos e depois faz que não fez.

Gente que não tem educação.

Aliás, isso nem é gente, não é?

Como é que alguém assim consegue dormir à noite?

Só pra constar, não estou me referindo a nenhuma situação ou pessoa (viu, centro do mundo) em especial. Nem estou amarga (dá rugas né?). São só reflexões mesmo e desculpa pra postar essa música que amo!

—–

Sorry L, and all friends, I’m not on the mood to translate.
But if you listen to the sound bellow, you could understand a bit, altough the text is in a negative way.

—–

Audio clip: Adobe Flash Player (version 9 or above) is required to play this audio clip. Download the latest version here. You also need to have JavaScript enabled in your browser.


Reflections – Sally Kellerman (from Lost Horizon Soundtrack, by Burt Bacharach & Hal David)

When you look at yourself do you like what you see?
If you like what you see you’re the person you should be
Cause your reflection reflects in everything you do
And everything you do reflects on you
When you wake up each day do you like how you feel?
If you like how you feel you’ve got nothing to conceal
Cause your reflection reflects in everything you do
And everything you do reflects on you
Doing something for someone else
Isn’t really for someone else
It does twice as much for you as something you do just for yourself
When you lay down to sleep do you like all your dreams?
If you like all your dreams life’s as happy as it seems
Cause your reflection reflects in everything you do
And everything you do reflects on you

Leave us a Message

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.