O Melhor II

Podem falar que o Dia dos Pais é data comercial e blá blá blá. Pode até ser, pra quem tem pai. Pra quem não tem, como eu, é um dia de homenagem formal. Não há um dia em que não pense nele, mas esse dia é só dele.

Até 2008 apenas um ano, 1993 ou 1994, não tenho certeza, não passei com ele. Passei em Petrópolis com o Paulo Guedes e as Meninas.

De 2009 pra cá eu e a Mãe prestamos nossa homenagem a ele indo a um restaurante que ele gostava ou algum outro lugar.

Este ano estarei fora. Mas sei que nossos pensamentos estarão com ele. Vamos arrumar uma outra maneira de homenagear. Separadas e ao mesmo tempo juntas.

E você que acha bobagem, acha ridículo, comercial e blá blá, vá se danar e se afunde na sua solidão.

People  say that Father’s Day is commercial data and blah blah blah. It may even be, for those who have a father. For those who have not, like me, is a day of formal tribute. I think of him everyday, but this day is all for him.

Until 2008 only one year, 1993 or 1994, not sure, I don’t spent with him. Spent in Petropolis with Paulo Guedes and the Girls.

From 2009 me and my Mother pay our homage to him going to a restaurant he liked or somewhere else.

This year I’ll be out again. But I know that our thoughts will be with him. We will find another way to pay tribute. Separate but, at the same time,  together.

And you that think it’s nonsense, it’s ridiculous, commercial and blah blah, go fuck yourself and sink in your loneliness.

 

O melhor pai do mundo

Leave us a Message